Prefeitura porá abaixo imóveis mesmo que haja discussão judicial

Três dias após cumprir a burocracia e publicar a lista de 3.630 desapropriações no traçado do Transcarioca, a prefeitura começou ontem a procurar os proprietários dos imóveis que irão abaixo para dar lugar ao corredor de ônibus articulados que ligará a Barra da Tijuca à Penha. E um dos primeiros avisos é: quem não gostar da indenização e for à Justiça poderá ter a casa demolida assim mesmo para que a obra seja inaugurada até 2013. O início da construção está previsto para março.

Segundo a Secretaria de Obras, ninguém foi comunicado antes para evitar especulações imobiliárias. O montante para os ressarcimentos será de R$ 300 milhões. Assim, o valor médio delas seria de R$ 82.644,62.

— Caso o proprietário não concorde com a avaliação proposta pelo município, a indenização é depositada em juízo e o poder judiciário decide a questão. Vale lembrar que, pela Constituição, o bem público possui supremacia sobre o privado — avisa o secretário Luiz Antônio Guaraná.

Fonte: Extra